São José, pai na obediência!

Ó glorioso São José, que pela vossa pronta e continua obediência à santa vontade de Deus, alcançai-me do vosso Filho Jesus a graça de obedecer aos seu divinos preceitos, enquanto peregrino nesta vida em meio a tanto inimigos neste mundo, que jamais eu perca a companhia de Jesus e Maria até o meu último suspiro.

(Sto.Afonso)

Deus disse ao Santo: José Filho de Davi, não temas!

 São José fez prevalecer a sua descendência e nos ensina nos dias atuais, que sua obediência estava na autoridade daquele que lhe pediu e não na sua aprovação, sem fazer reivindicações ou exigências, apreendamos respondê-la com docilidade o apelo divino.

É certo também que sua docilidade é fruto do coração tão humilde, livre de qualquer apego a si mesmo e as coisas deste mundo, sua disponibilidade cega, nos faz enxergar sua fé naquele que lhe escolheu.

Vale mais obedecer a Deus do que aos homens, a obediência de S. José nos faz compreendermos a sua capacidade de ouvir, a mansidão de coração, a sabedoria de saber distinguir o que Deus nos fala, do barulho que grita a nossa volta.

A obediência de São José não foi passiva, mas conseqüência da sua fé e responsabilidade, obedecer é caminho feito de renuncias, de perigos, foi assim quando teve de fugir para o Egito para livrar sua família do perigo.

Quanto testemunho deu S. José de sua obediência na vida, traz aqueles que a levam a serio, como um caminho sem volta, muitas provações, desafios, ter que sair as pressas para outro país, adaptação a língua, costume, trabalho, porem a certeza de sentir não estar nunca sozinho, confiança na providencia divina, fez transformar as dificuldades em fidelidade.

Em Nazaré S. José ensinou ao Filho de Deus, quando esteve sobre seus cuidados e ao mesmo tempo com chefe da sagrada família a ser submisso aos pais (Lc2,51).

Nos dias atuais quanta dificuldade no entendimento para palavra obediência, numa sociedade que prega a liberdade sem limites, eis o caus, que nos encontramos no momento atual, uma consciência moral tíbia, falta para muitos o conhecimento da vontade de Deus em salvar todos os homens, mas é necessário a obediência deste.

Chiara Lubich, seguiu os passos de São Jose, e nos ensinou que obediência, a vontade de Deus, é fazer aquilo que mais me custa!

Diácono Nilson Roberto Leite

Paróquia São Jose – Votorantim

Compatinhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp