Missa de Encerramento do Ano do Laicato é celebrada na Catedral Metropolitana

Celebrado pela Igreja no Brasil de 26 de novembro de 2017 – Solenidade de Cristo Rei, à 25 de novembro de 2018, o Ano do Laicato na Arquidiocese de Sorocaba teve sua conclusão neste domingo, 2 de dezembro, com a Santa Missa presidida pelo arcebispo Dom Julio Endi Akamine na Catedral Metropolitana de Nossa Senhora da Ponte.

A Santa Missa, celebrada às 15h, contou com a presença de sacerdotes e diáconos, além de leigos e leigas das diversas pastorais. O ano dedicado aos leigos teve como tema “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” e o lema: “Sal da Terra e Luz do Mundo” (Mt 5,13-14).

Em sua homilia Dom Julio recordou o tempo do Advento, a espera de Jesus, e também a Sua segunda vinda. “Nós cremos que Jesus virá outra vez, com grande poder e glória para estabelecer de modo pleno o seu Reino, é sobre isto o evangelho de hoje, um convite à vigilância. Nós somos vigilantes, pois vivemos cada momento como plena graça de Deus – o fim do mundo só é ameaçador para aquele que está apegado a este mundo. Ao concluir este ano do laicato ressaltamos o apostolado do leigo, que participa da missão evangelizadora da Igreja, e a evangelização é justamente isso: anunciar ao mundo essa grande esperança. Às vezes nós nos contentamos com pequenas esperanças, como uma roupa ou um carro novo, que nos satisfazem por um momento, mas não preenchem nossa vida. O cristão leigo se anima por esta grande esperança: Ele vem! Cada segundo é importante e conta para este momento, portanto, vivemos com esperança e alegria. O mundo de hoje precisa disso, muita gente deixou de ‘esperar’. Espero que este Ano do Laicato tenha como fruto precioso um empenho maior em transmitir essa Boa Nova, de partilhar com os outros essa grande esperança”.

Ao final, o presidente do Conselho de Leigos na Arquidiocese, senhor José Carlos Felamingo relatou algumas das atividades realizadas ao longo deste ano dedicado aos leigos e informou alguns números. “O Conselho fez cerca de 30 palestras em Sorocaba e outras cidades da região. Para o próximo ano pretendemos engajar mais a reunião de associações de profissionais católicos, como já temos a Associação dos Médicos e a dos Professores, com o objetivo de unir mais os leigos e leigas. Para termos um laicato forte também é preciso investir na formação. Agradeço a presença de Dom Julio e de todos os padres e diáconos aqui, no encerramento deste ano especial. Agradeço por todo o apoio e pela presença nas nossas reuniões e especialmente nas formações destes novos grupos. O ano do laicato na verdade não termina, ele continua. Nós nos formamos, nos alimentamos da Palavra, para agora atuar lá fora no mundo”.

Fotos: José Garcia/Pascom.