Formação Permanente do Presbitério é realizada no Seminário de Aparecidinha

Com o tema “Desafios e Oportunidades na Gestão Eclesial”, a Formação Permanente do Presbitério reuniu Padres, Diáconos e Seminaristas, e o Arcebispo Dom Julio Endi Akamine, no auditório do Seminário Arquidiocesano São Carlos Borromeu, no bairro de Aparecidinha. A formação aconteceu nesta quarta e quinta-feira, com assessoria de Aristides Luís Madureira, de Uberlândia/MG.

O encontro iniciou-se na Capela com as Laudes e em seguida, foram feitas duas colocações sobre o tema, o que despertou nos participantes uma motivação maior para se fazer uma análise de consciência dos Valores Organizacionais.

O Arcebispo e o Padre Júlio César Fernandes – Coordenador de Pastoral – deram as orientações, chamando a atenção para a importância do tema abordado, nos tempos atuais quando a sociedade olha a Igreja com os olhos bem abertos.

Após a Oração das 15h, os trabalhos foram reiniciados e os participantes dividiram-se em grupos por Região Pastoral para responder questões para análise ambiental. O Coordenador de cada região deverá entregar ao Arcebispo o resultado obtido, considerando todos os fatores relevantes que fazem parte do organismo da Paróquia e da própria Arquidiocese.

No segundo dia de formação, o tema foi o Dízimo. O palestrante não se limitou apenas ao teórico, mostrando também a prática e um testemunho. A Pastoral do Dízimo, longe de estar restrita a uma captação de recursos para atender as demandas financeiras de uma paróquia, está em primeiro lugar em uma experiência profunda de Jesus Cristo, o que resulta em uma conversão. “Ela não passa primeiro pelo bolso, como pensamos, mas em primeiro lugar no coração”, ressaltou.

Durante todo o dia, partindo do Documento 106 da CNBB, o assessor do encontro apresentou um histórico da Pastoral do Dízimo, desde o final dos anos 60. Outro tema abordado nesta formação foi o empreendedorismo, voltado para a Gestão Paroquial onde os Presbíteros são ponto chave como grandes empreendedores.

Colaboração: Diácono José da Cruz.