Dia de Oração para Abraçar o Senhor para Abraçar a Esperança

Aos Reverendíssimos Padres

Aos Reverendíssimos Diáconos

Aos Consagrados e Consagradas

Aos Fiéis da Arquidiocese de Sorocaba

Sabemos que tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu desígnio” (Rm 8,28). Essa convicção decorre da experiência que fazemos do amor de Deus por nós e, por isso, temos a segurança de vencer todas as provações que nos sobrevém.

Desde 19 de março de 2020, a nossa Arquidiocese se encontra com quase todas as atividades religiosas suspensas devido a pandemia de COVID 19. Temos sofrido com as mortes e com todos os tipos de adoecimentos de um número cada vez mais alto de pessoa próximas e distantes de nosso convívio. Mais do que nunca sentimos a necessidade absoluta do socorro de Deus para podermos enfrentar esta pandemia com espírito de fé e de responsabilidade.

A fim de exprimir a preocupação e o amor da Arquidiocese de Sorocaba por todos os que sofrem tribulação convido todos os fiéis de nossa Igreja Particular para um dia especial de oração. Além de suplicar pelo fim da pandemia, desejamos estar próximos das pessoas que sofrem qualquer seja a causa de sua aflição.

O “Dia de Oração para Abraçar o Senhor para Abraçar a Esperança” tem a finalidade de rezar por todos os sofredores, inclusive todos os atingidos pela Pandemia de COVID 19 e está marcado para 30 de julho de 2020 (quinta-feira).

Para tomar parte deste dia de oração, cada um se dedique a um momento de oração pessoal e cumpra um ato de misericórdia. Uma vez que a eucaristia é o sacramento dos sacramentos, peço aos padres que celebrem nesse dia 30 de julho, a missa “para diversas circunstâncias” (MR 38b).

Em comunhão com o Papa e a Igreja, nossa Arquidiocese deseja enfrentar o medo com a força da oração a fim de olhar para o futuro, comunicar a todos a esperança, cuidar dos sofredores e perseverar na prática do bem. Quanto maior é o compromisso de nossa Arquidiocese no socorro a todos sofredores, mais necessidade ela tem da oração; quanto mais autêntica e profunda é a sua oração, maior é o seu empenho e cuidado em favor das pessoas.

Com nossas orações e sacrifícios,

+Julio Endi Akamine

Arcebispo de Sorocaba

 

INDICAÇÕES LITÚRGICAS PARA A MISSA DO DIA 30 DE JULHO DE 2020

Dia de Oração para Abraçar o Senhor para Abraçar a Esperança

O “Dia de Oração” é dedicado não só para os que sofrem com a pandemia de Covid 19, mas também para todos os aflitos, seja qual for a sua causa (física, espiritual, social).

As orações da Missa são as da Missa “para diversas circunstâncias” (Missal Romano, n. 38b).

As leituras são do Lecionário III: para as missas dos santos, dos comuns, para diversas necessidades, votivas, n. 25):

  • Tg 1,2-4.12
  • Sl 122
  • Mc 4,35-41

Sugere-se que seja rezada a Oração Eucarística para diversas circunstâncias VI-D (Jesus que passa fazendo o bem).

As Preces da comunidade tenham as seguintes intenções:

  • Os que choram por familiares falecidos
  • Os doentes e seus familiares
  • Os que estão aflitos pela perda do emprego e pelo futuro incerto
  • Os agentes de saúde, os trabalhadores e os voluntários que arriscam a própria vida para salvar a vida de outros,
  • Os sacerdotes que atendem os doentes e aflitos
  • Os cientistas e pesquisadores para que encontrem o modo de superar as doenças
  • Os governantes para que realizem programas sociais e econômicos em favor dos mais pobres

Pode-se também rezar a Oração a Nossa Senhora no final da celebração eucarística.

Ó Maria, Nossa Senhora da Ponte,

Vós sempre resplandeceis sobre o nosso caminho

como um sinal de salvação e de esperança.

Confiamo-nos a Vós, Saúde dos Enfermos,

que permanecestes, junto da cruz, associada ao sofrimento de Jesus,

mantendo firme a vossa fé.

Vós, sabeis do que precisamos

e temos a certeza de que tudo providenciareis a nós

para que, como em Caná da Galileia,

possa voltar a alegria e a festa

depois desta provação.

Ajudai-nos, ó Mãe de Deus e nossa,

a fazer sempre a vontade do Pai

e o que nos disser Jesus,

que assumiu sobre Si as nossas enfermidades

e carregou as nossas dores

para nos levar, através da cruz,

à alegria da ressurreição.

Amém.

À vossa proteção recorremos, Santa Mãe de Deus;não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidadesmas livrai-nos sempre de todos os perigos,

ó Virgem gloriosa e bendita.

(Papa Francisco, com adaptações feitas por Dom Julio)