Comunicado da Arquidiocese de Sorocaba

Sobre a ampliação da capacidade presencial a partir do dia 17 de agosto de 2021

O Governo do Estado de São Paulo anunciou a ampliação da capacidade da ocupação dos estabelecimentos. Conforme o mesmo Plano São Paulo as celebrações presenciais estão liberadas sob rígido cumprimento de protocolos de higiene e distanciamento social que dever ser de 1m.

Por isso é de competência e responsabilidade dos párocos estabelecer o limite máximo de ocupação das igrejas levando em conta a distância de mínima de 1m entre os fiéis combinado com o percentual de 80% de ocupação.

Todos os protocolos sanitários já anteriormente estabelecidos devem ser cuidadosamente seguidos. Recordamos, a seguir, as principais medidas de prevenção e que devem ser cuidadosamente seguidas nas celebrações presenciais dos sacramentos.

  1. É responsabilidade do pároco fixar cartazes informativos e educativos para prevenção da disseminação do coronavírus SARS-CoV-2 em lugares facilmente visíveis aos fiéis em nossas igrejas.
  2. As igrejas devem ser higienizadas após cada celebração com povo. Deve haver um intervalo mínimo entre as celebrações a fim de possibilitar a higienização do local e a renovação do ar ambiente.
  3. Todos os objetos litúrgicos e outros utilizados devem ser higienizados adequadamente após a celebração.
  4. Os folhetos litúrgicos devem ser usados somente uma vez. Se forem distribuídos, devem ser levados pelo fiel. Eles não podem ser reaproveitados. Não sejam manuseados livros de cantos.
  5. Recomenda-se que as celebrações sejam breves.
  6. O pároco providenciará que se calcule a capacidade máxima de fiéis em cada igreja, de tal modo a respeitar a distância mínima de segurança entre eles. Será afixada nas portas das igrejas a capacidade máxima de fiéis que podem entrar para as celebrações.
  7. Os voluntários e/ou funcionários que forem realizar o controle do fluxo de fiéis utilizarão os equipamentos estabelecidos pelos órgãos competentes (máscaras e termômetros digitais).
  8. Os fiéis somente poderão entrar na igreja se estiverem utilizando máscaras conforme determinação das autoridades competentes.
  9. Será recordado que os fiéis com sintomas gripais ou que tiveram, nos dias anteriores, contato com pessoas doentes de Covid-19 não poderão ter acesso à igreja e às celebrações.
  10. Os fiéis impossibilitados e os que não se sentirem seguros em participar das missas presenciais continuam dispensados do preceito festivo dominical.
  11. Será disponibilizado álcool em gel para higienização das mãos de todos os fiéis, inclusive imediatamente antes da comunhão.
  12. A igreja permanecerá com todas as janelas e portas abertas para a adequada troca de ar e para evitar o contato com portas e maçanetas.
  13. Antes, durante e depois das celebrações serão evitados apertos de mãos e abraços e qualquer forma de contato físico entre os fiéis. Para o rito da paz, não se fará o abraço da paz.
  14. A Sagrada Eucarística (para comunhão dos fiéis) será distribuída somente na espécie do pão consagrado unicamente na mão, evitando o contato entre o ministro da comunhão e o fiel comungante.
  15. Os ministros da comunhão e os fiéis comungantes devem higienizar as mãos também imediatamente antes da comunhão.
  16. Para comunhão, os comungantes recebem o álcool em gel para higienização das mãos, retiram a máscara imediatamente antes de receber a eucaristia, comungam e a repõem logo em seguida. Os ministros da comunhão devem usar a máscara para dar a comunhão.
  17. De maneira extraordinária e se a igreja não puder oferecer as condições do distanciamento seguro entre os fiéis, o pároco poderá realizar a celebração fora do templo, em local aberto.
  18. As Missas continuem a serem transmitidas pelas redes sociais para a participação específica das pessoas com comorbidade e não imunizadas. Exortamos que os fiéis que não substituam a missa transmitida pela presencial e que procurem retornar consciente e responsavelmente para as missas presenciais.

Sorocaba, 15 de agosto de 2021

Solenidade de Nossa Senhora da Ponte

 

D. Julio Endi Akamine

Arcebispo de Sorocaba

2021 08 15 Comunicado Ampliac_a_o

Compatinhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp