Comentário ao Evangelho – Terça-feira da 1ª Semana do TC – 10.01.2023

Terça-feira da 1ª Semana do TC

Hb 2,5-12 – Ano Impar

Clique para ouvir o Evangelho e seu comentário:

São Paulo faz uma afirmação surpreendente e, ao mesmo, tempo aparentemente falsa: “Deus submeteu ao homem todas as coisas, nada deixou que não lhe fosse submisso”. A realidade, porém, parece negar essa afirmação de Paulo. Com efeito: o ser humano domina realmente toda a criação? Nada lhe escapa ao seu controle? Precisamos aceitar a realidade: muitas coisas não estão sob o domínio do ser humano: as pandemias, as guerras, a injustiça estrutural e duradoura, etc.

É preciso, porém, saber que o “homem” em questão, ao qual todas as coisas foram submetidas, é Jesus. Ele, enquanto filho de Deus, é superior aos anjos, mas foi feito “um pouco menor” do que eles, porque se encarnou. Tornando-se verdadeiro homem, sem deixar de ser Deus, Jesus é o “homem” que S. Paulo tem quando afirma: “Deus lhe submeteu todas as coisas, nada deixou que não lhe fosse submisso”.

Por um tempo, Jesus foi feito menor do que os anjos, mas agora “nós o vemos coroado de glória e honra, por ter sofrido a morte”.

Jesus foi feito “pouco menor do que os anjos” para que nós pudéssemos ser salvos. Ele se solidarizou com nossa inferioridade a fim de que nós participemos de sua superioridade. Oferecendo-se a si mesmo por todos, a sua participação em nossa humanidade nos abriu as portas para que possamos participar de sua divindade.

Jesus é o pioneiro e o autor da salvação. Ele sofreu a morte dos que foram criados “um pouco menor do que os anjos” para que, passando por primeiro pela morte, pudéssemos segui-lo até a sua glória. Jesus experimentou a nossa morte para que possamos experimentar a sua glória. Jesus abriu o caminho pelo qual nós podemos passar para encontrar a salvação. Passando pela humilhação, Jesus alcançou a glorificação. Seguindo Jesus na humilhação, participaremos de sua vitória.

Toda nossa vida cristã é essencialmente participação na morte e ressurreição de Jesus. Essa nossa participação foi tornada possível pela encarnação do Verbo.

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Palavra do Pastor / Youtube / Redes Sociais

Compartilhe: