Comentário ao Evangelho – Terça-feira 05/04/2022

Terça-feira da 5a. semana da Quaresma

Nm 21,4-9

Clique para ouvir o Evangelho e seu comentário:

A leitura apresenta o povo num momento de revolta contra Deus e contra Moisés enquanto está atravessando o deserto. Falta alimento e água, e eles murmuram contra Deus, reclamando até mesmo do maná. O maná era um alimento miraculoso de Deus que, na boca dos murmuradores, é chamado de alimento miserável. Há também os que se revoltam contra Deus, colocando nele a culpa pelos sofrimentos.

No momento da escassez de alimento e de água, o povo se esquece de tudo o que Deus fez para libertar o povo do Egito. Muitos chegam até a idealizar a antiga escravidão e ter saudades dela. Os murmuradores idealizam a antiga escravidão como um “tempo de fartura”.

Deus se entristece com esse povo cabeça-dura, mas o ataque das serpentes faz o povo cair na conta do erro da murmuração e, arrependidos, pedem a intercessão de Moisés. Deus pede a Moisés que faça uma imagem de serpente de bronze e a eleve numa haste. Todos os que são picados pela serpente e olham para a imagem de bronze são curados.

A imagem da serpente é uma prefiguração de Jesus Cristo elevado na cruz. A cruz era um instrumento abominável de morte que, por causa de Cristo, se torna o instrumento de nossa salvação. Hoje nós carregamos a imagem da cruz que foi prefigurada na imagem da serpente de bronze elevada no deserto.

 

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Palavra do Pastor / Youtube / Redes Sociais

 

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Siga nossas Redes Sociais:

CONTATO

Av. Dr. Eugênio Salerno, 100
Vila Santa Terezinha, Sorocaba – SP
CEP: 18035-430
Telefone: (15) 3221-6880