Comentário ao Evangelho – Sexta-feira 17/06/2022

Sexta-feira da 11ª semana do TC

2Rs 11,1-4.9-18.20

Clique para ouvir o Evangelho e seu comentário:

A leitura de 2Rs descreve com crueza e sem rodeios o que a ambição pelo poder provoca. Atália começou a exterminar toda a família real porque desejava o poder total sobre o povo e porque queria instituir o culto a Baal como religião oficial. Para conquistar o poder ela não tem escrúpulos, manda matar todos da família e da estirpe de Davi. Assim, a dinastia davídica teria fim e seria necessário o começo de uma nova dinastia.

Nessa situação de grave perigo e de extrema violência, Deus intervém através de Josaba que escondeu um descendente de Davi e o salvou do extermínio. Com a unção desse descendente de Davi, a promessa de Deus se manteve e se realizou.

Essa é uma característica do AT: as promessas divinas estão vinculadas à vida religiosa e política do povo escolhido. Assim a coroação de um descendente de Davi como rei do povo judeu significa a fidelidade de Deus à sua promessa.

No NT, por outro lado, o novo Povo de Deus é formado por pessoas de todos os povos e, por isso, as promessas divinas não estão mais ligadas ao bem de um único povo, mas ao bem de toda humanidade. A Igreja, como novo Povo de Deus, não busca o poder político. Pelo contrário Ela é chamada para trabalhar pelo advento do Reino de Deus e, em vista disso, se empenha pela unidade de todo o gênero humano e a fraternidade universal. É uma obra muito difícil, que comporta riscos de instrumentalização política e também de perseguições.

Rezemos para que a Igreja se empenhe de verdade pela justiça social e pela paz no mundo. Assim a promessa de Deus se realizará em nosso mundo.

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Palavra do Pastor / Youtube / Redes Sociais

 

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Siga nossas Redes Sociais:

CONTATO

Av. Dr. Eugênio Salerno, 100
Vila Santa Terezinha, Sorocaba – SP
CEP: 18035-430
Telefone: (15) 3221-6880