Comentário ao Evangelho – Sexta-feira 01/01/2021

Solenidade da Santa Mãe de Deus

Lc 2, 16-21

Clique para ouvir o Evangelho e seu comentário:

Celebramos hoje a solenidade de Maria Mãe de Deus. Hoje damos parabéns a Maria! Viemos para esta missa com os sentimentos de quem se aproxima de uma mãe que acabou de ter um filho.

Duas coisas, porém, distinguem nossa homenagem a Maria. Primeiramente é que ela deu à luz ao Filho de Deus! Quem dela nasceu é Deus verdadeiro e homem verdadeiro. Por isso Maria não é somente mãe do homem Jesus: ela é verdadeiramente Mãe de Deus porque o que dela nasceu é verdadeiro Deus!

Quem é Jesus? Jesus é o Filho de Deus e de Maria. Isto coloca Maria em um patamar altíssimo. Por sua maternidade divina, ela está junto do Pai Celeste. E ao mesmo tempo, isto coloca Maria muito próxima de nós a ponto de ela ser nossa mãe e a mãe da Igreja. O Jesus que ela gerou nos aceitou como irmãos. Por meio de Jesus, fomos tornados filhos de Deus. A filiação divina de Jesus foi comunicada a nós por meio do seu nascimento de Maria!

É por isso que nós amamos tanto Maria: porque ela nos deu Jesus, porque com Jesus recebemos tudo de Deus; recebemos o grande presente de amor do Pai, o de sermos chamados filhos de Deus e nós o somos!

O mistério do natal consiste nisto: no natal, o céu e a terra trocam seus presentes. Deus assumiu o que é próprio nosso (nasceu de mulher) para que nós pudéssemos receber o que é próprio de Jesus (nascer de Deus). No natal, o Filho de Deus se tornou Filho do Homem para que nós nos tornássemos filhos de Deus; no natal o Filho se tornou servo, para que nós, servos, nós tornássemos filhos. É admirável essa troca de presentes entre o céu e a terra. E o lugar em que ocorre essa troca de presentes é Maria! Nós amamos Maria porque nela ocorreu essa admirável permuta entre Deus e a humanidade.

No Evangelho escutamos que “Maria guardava todos estes fatos e meditava sobre eles em seu coração”. Que fatos são esses? São os fatos do nascimento de Jesus. O natal foi para Maria algo que ela guardou no coração, que ela meditou longamente e ao longo da vida toda. O natal para Maria foi uma escola de fé.

Imaginemos quantas vezes Maria voltou com o pensamento e o coração aos acontecimentos do Natal. Quantas vezes esses acontecimentos guardados e meditados no coração foram para Maria consolo nas horas de tristeza, força nos momentos de cansaço, esperança nos momentos de sofrimento. Maria caminhou na fé e seu alimento constante foi a Palavra de Deus. Palavra de Deus que se manifestava a ela em cada palavra e gesto do Filho Jesus. Ela caminhou na fé até a cruz de Jesus e até o cenáculo. Ao pé da cruz e no cenáculo, Maria permaneceu em silêncio, toda atenta à Palavra.

Façamos como Maria. Guardemos o evento do natal do Senhor no coração e o meditemos todos os dias, em todas as ocasiões. Seja o natal do Senhor nossa alegria, consolo e esperança até o fim de nossa existência, até nosso último suspiro, até nosso último pensamento desta vida.

No natal e em Maria, o céu e a terra trocam os seus presentes. Deus nos deu o presente do Filho, nos deu o presente da filiação, nos deu o presente da divinização!

O que podemos, Senhor Jesus, Vos oferecer em troca?

O que podemos oferecer a Vós, Senhor Jesus Cristo na festa do natal?

Cada criatura Vos apresenta o sinal do seu reconhecimento e da sua homenagem.

Os anjos Vos oferecem em troca os seus mais belos cantos.

Os céus Vos oferecem em troca miríades de estrelas.

O deserto Vos oferece em troca o presépio.

A terra Vos oferece em troca a gruta para Vos acolher.

Os animais Vos oferecem em troca a manjedoura para ser o altar de Vosso sacrifício.

E nós? O que podemos Vos oferecer em troca?

Nós vos oferecemos uma Virgem Mãe;

nós Vos oferecemos Maria;

nós Vos oferecemos a mais bela criatura para ser a Vossa mãe;

nós Vos oferecemos Aquela que Vós, ao morrer na cruz,

nos devolvestes como nossa Mãe!

(Inspirado no Idiomelon, Liturgia Bizantina, Vésperas do Natal)

 

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Palavra do Pastor / Youtube / Redes Sociais