Comentário ao Evangelho – Sábado da 9a semana – 10.06.2023

Sábado da 9a semana

Tb 12,1.5-12.20

Clique para ouvir o Evangelho e seu comentário:

Concluímos a meditação do livro de Tobias com a revelação do Arcanjo Rafael.

Apesar de todas as intervenções extraordinárias e milagrosas realizadas pelo Arcanjo durante a viagem de Tobias, ninguém tinha descoberto que Deus estava presente a todo momento. Foi preciso então que Rafael se desse a conhecer.

Isso é muito significativo para nós, pois nos revela a pedagogia divina. Deus está sempre presenta em nossa vida, mas sua presença é silenciosa e misteriosa. Deus está presente de maneira real, mas só a fé pode descobrir essa presença. Deus está presente nas coisas, nos acontecimentos e nas pessoas, mas somente a fé pode ver nas coisas, nos acontecimentos e nas pessoas a ação de Deus.

Pai e filho acreditavam que Rafael era um dos parentes da tribo de Neftali e, por isso, entram em acordo para dar-lhe uma recompensa material. Por isso Rafael declara que chegou o momento para revelar sua verdadeira identidade. E a razão dessa revelação é ainda mais admirável: “é bom manter escondido o segredo do rei, mas é honroso revelar as obras de Deus”. Deus está presente no segredo e vê o que está escondido, e se Ele se revela, é para que sejamos conduzidos ao louvor. O que podemos oferecer ao Senhor por tudo o que Ele nos tem dado? A única coisa que podemos fazer é louvá-lo e agradecê-lo.

Ao tomar consciência da presença constante de Deus, pai e filho “começaram a bendizer e cantar hinos a Deus, celebrando-o por todas as suas grandes obras. Especialmente porque lhes tinha aparecido o anjo de Deus”.

Caiamos na conta de que Deus está sempre presente em nossa vida de maneira delicada e discreta, de maneira real e misteriosa. Que a consciência da presença de Deus nos faça mais reverentes e agradecidos.

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Palavra do Pastor / Youtube / Redes Sociais

Compartilhe: