Comentário ao Evangelho – Sábado 11/07/2020

Sábado da 14ª semana TC

Mt 10, 24-33

Clique para ouvir o Evangelho e seu comentário:

O discípulo não deve se escandalizar nem ficar surpreso com a incompreensão e com a perseguição por causa de Jesus. Foi o que aconteceu com o mestre, e o discípulo não tem porque esperar outra coisa. Se perseguiram o mestre, se o chamaram de Belzebul, o que farão com os seus discípulos?

Além disso, o discípulo será como o mestre. O que isso significa? Significa que a vida de serviço do mestre deve ser também a do discípulo.

O que está oculto será revelado. Inicialmente o evangelho era anunciado para um grupo limitado de pessoas. Jesus instrui poucas pessoas, mas esse anúncio que se restringe inicialmente para os doze deverá, depois, ser divulgado em plena luz do dia, sobre o telhado, ou seja, para todos, publicamente. A mensagem de Jesus não é esotérica, ou seja, reservada somente para uma elite privilegiada, enquanto que os outros seriam mantidos na ignorância da mensagem total e integral do Evangelho. Inicialmente o evangelho se restringiu a um grupo limitado de doze, mas isso não foi para que eles se apossassem de um conhecimento privilegiado e exclusivo. Pelo contrário, o próprio Jesus diz que o que é dito na escuridão deverá ser proclamado sobre os telhados.

 
Por Dom Julio Endi Akamine SAC

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Palavra do Pastor / Youtube / Redes Sociais

 

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Siga nossas Redes Sociais:

CONTATO

Av. Dr. Eugênio Salerno, 100
Vila Santa Terezinha, Sorocaba – SP
CEP: 18035-430
Telefone: (15) 3221-6880