Comentário ao Evangelho – Sábado 07/03/2020

1ª Semana da Quaresma – ANO A

Mt 5,43-48

 

Clique para ouvir o Evangelho e seu comentário:

 

A exigência do Evangelho de hoje está acima de nossas forças. O Senhor pede de nós uma conduta que não é natural nem espontânea. Pede que amemos o inimigo!

A maior exigência de Jesus, no entanto, não é essa! A maior exigência é esta: “sede perfeitos como o vosso Pai Celeste é perfeito”.

De fato, o que Jesus pede de nós é que vivamos de uma forma sobre-humana. Jesus pede que vivamos de uma maneira que não é natural porque somos filhos de Deus e porque queremos ser sempre mais filhos de Deus. Ninguém se torna filho de Deus da noite para o dia. Nós nos tornamos filhos de Deus, aceitando cada dia a vida divina que o Pai nos oferece, aproveitando as oportunidades que o Pai põe diante de nós para amar como Ele nos ama. Nós nos tornamos filhos de Deus quando aceitamos o dom do amor do Pai que nos leva a amar nossos inimigos. Assim viveu Jesus: Ele recebeu o amor do Pai a todo momento e, com esse amor, amou os seus inimigos. Conforme o próprio Jesus afirmou, o seu alimento é fazer a vontade do Pai; o alimento que faz Jesus crescer como homem é o cumprimento da vontade do Pai.

Nesta quaresma, procuremos nos alimentar da vontade do Pai que é vontade de amor universal, de amor generoso e gratuito e que nos faz crescer dia a dia como filhos.

Se houvesse mais amor, o mundo seria outro; se nós amássemos mais, haveria menos guerra. Tudo está resumido nisto: dê o máximo de si em favor do seu irmão, e, assim sendo, haverá paz na terra (Santa Dulce dos Pobres: Texto-base, CF 2020, 49).

 

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

 

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Palavra do Pastor / Youtube / Redes Sociais