Comentário ao Evangelho – Sábado 06/02/2021

Sábado da 4ª Semana do TC

Mc 6, 30-34

Clique para ouvir o Evangelho e seu comentário:

Os apóstolos retornam da missão e prestam contas de tudo o que tinham feito e tinham ensinado. Podemos imaginar a alegria dos apóstolos em poder apresentar a Jesus um belo relatório de tudo o que eles fizeram, a excitação dos apóstolos ao apresentarem a Jesus como era importante a colaboração deles para a missão. Podemos até mesmo imaginar que eles já se sentissem “colaboradores indispensáveis” para Jesus.

Nesse sentido, é significativa a reação de Jesus ante o belo relatório que os apóstolos lhe entregam: Jesus os convida a se retirarem junto com Ele para um lugar deserto para descansar um pouco! De fato, o evangelista observa que eram tantos que os procuravam que não tinham sequer tempo para comer.

Evidentemente é admirável a dedicação dos Apóstolos ao povo. É mais admirável ainda que os apóstolos se entreguem ao serviço junto com e a exemplo de Jesus.

O convite que Jesus faz ao descanso não tem somente uma função fisiológica. O descanso dos Apóstolos deve consistir em se retirarem para “um lugar deserto”. O descanso com Jesus não é meramente funcional. Trata-se de um afastamento do trabalho para por em prática o comportamento indicado nas parábolas do Reino, de modo especial da parábola da semente que cresce sozinha e segundo o seu ritmo. Descansar nesse sentido, significa assumir o comportamento da confiança na ação de Deus, da humildade de quem não se considera “indispensável”, da paciência de quem sabe que os frutos dependem de Deus e não do nosso ativismo.

Meu irmão, minha irmã, temos grande necessidade de escutar e de aceitar o convite de Jesus: “Vinde, vós sozinhos, para um lugar deserto e descansai um pouco”.

 

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Palavra do Pastor / Youtube / Redes Sociais