Comentário ao Evangelho – Quinta-feira 28/07/2022

Quinta-feira da 17a semana TC

Jr 18,1-6

Clique para ouvir o Evangelho e seu comentário:

Deus mandou o profeta Jeremias ir à casa do oleiro. Lá o profeta fica admirado com o que vê: vê o carinho do oleiro para com o barro que as suas mãos modelam. Se uma peça não sai do jeito que queria, em vez de jogar fora o barro, o oleiro volta a modelar uma outra peça que lhe agrade. A partir dessa visão do cotidiano do oleiro, Jeremias tem a intuição da realidade transcendente; a partir da realidade material, Jeremias intui a ação transcendente de Deus em relação a seu povo.

Preocupado com a salvação do povo, Jeremias compreendeu, a partir da visão do trabalho do oleiro, o significado transcendente dos acontecimentos históricos do presente.

Deus e o seu povo são como o oleiro e o barro. O povo, que Deus tanto ama, não saiu como desejava Deus; é como um vaso que não ficou bom. O ensinamento dessa comparação é clara: o povo deve se colocar nas mãos de Deus com a mesma docilidade com que o barro se deixa moldar pelas mãos do oleiro. Deus pode desfazer e esmagar o povo, mas nunca vai aniquilá-lo, assim como o oleiro volta a moldar o barro de um vaso que não saiu bom. Como o oleiro, Deus, na sua providência, deseja criar uma obra da qual ele sinta orgulho. Por isso, as pessoas precisam de crer em Deus: tudo o que Ele faz persegue um desígnio de amor. É preciso aceitar a modelagem purificadora de Deus, até que sejamos realmente santificados.

A visão do oleiro ensina também que, diferente do barro nas mãos do oleiro, o ser humana é responsável e livre. O oleiro desfaz o que saiu errado e com o mesmo barro começa outro. O ser humano, por outro lado, é livre e responsável, por isso precisa reformar o que deformou. O barro humano tem a terrível capacidade de resistir à ação formadora de Deus. Deus, por sua vez, quer modelar o ser humano com a sua palavra e não com a força; deseja que nossa formação seja realizada por um dinamismo que atua a partir de dentro e não como uma coerção extrínseca e exterior.

 

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Palavra do Pastor / Youtube / Redes Sociais

 

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Siga nossas Redes Sociais:

CONTATO

Av. Dr. Eugênio Salerno, 100
Vila Santa Terezinha, Sorocaba – SP
CEP: 18035-430
Telefone: (15) 3221-6880