Comentário ao Evangelho – Quinta-Feira 07/05/2020

4ª Semana da Páscoa – ANO A

Jo 13, 16-20

Clique para ouvir o Evangelho e seu comentário:

Não falo de todos vós; eu conheço aqueles que escolhi”; “Aquele que come comigo, levantou contra mim o calcanhar”. Com estas palavras o evangelho faz uma referência velada a Judas, o traidor. É um fato desconcertante: parece que Jesus, na escolha dos apóstolos, ao menos em um deles, se enganou. Na traição de judas encontramos nossa pedra de tropeço.

Digo-vos isso desde agora, antes que aconteça, para que quando acontecer creiais em mim”; “Deve-se cumprir o que diz a Escritura”. Os acontecimentos da Paixão de Cristo surpreenderam e escandalizaram. Não podiam ser previstos. Ao mesmo tempo estes acontecimentos foram o objeto de prefiguração de todo o Antigo Testamento.

O que as Escrituras e as palavras de Cristo nos ensinam é que Jesus não se enganou na escolha de Judas: Ele foi obediente ao Pai. A vontade do Pai era a de que Jesus afrontasse o mal e o vencesse. Podemos dizer que o mal chegou tão próximo de Jesus que esteve presente até mesmo no círculo mais íntimo dos apóstolos.

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Palavra do Pastor / Youtube / Redes Sociais