Comentário ao Evangelho – Quarta-feira 30ª TC – 01.11.2023

Quarta-feira 30ª TC

Rm 8,26-30

Clique para ouvir o Evangelho e seu comentário:

Todos nós já experimentamos desejos e paixões intensos. Eles tomam conta de nós, nos fazem perder o sono e, às vezes, até a nossa saúde. Pois bem, Deus tem também o desígnio intenso e forte em relação a nós. “Aqueles que Deus contemplou com seu amor desde sempre, a esses ele predestinou a serem conformes à imagem de seu Filho, para que este seja o primogênito numa multidão de irmãos”. É admirável o desígnio de Deus em relação a nós. Desde toda a eternidade Ele pensou em nós com amor para que sejamos assemelhados ao seu Filho.

Deus nos predestinou a sermos conforme à imagem de seu Filho amado. O Pai ama o Filho e pôs nele todo o seu amor. E Ele quer que nos tornemos semelhantes ao Filho dileto exatamente para que nós também sejamos amados como o Filho, para que sejamos amados pelo Filho e no Filho. Tudo, natureza e história, o Pai ordena e conduz para que se cumpra esse desígnio de amor. “Tudo contribui para o bem daqueles que são chamados para a salvação de acordo como projeto de Deus”.

Deus sempre pensa nesse projeto desde toda a eternidade e nos inspira o desejo de progredir nele, nos dá a força e a luz para correspondermos ao seu desígnio.

O projeto de Deus não é somente grandioso, mas é um projeto de amor generoso e admirável. Tal projeto divino deve suscitar em nós admiração e gratidão imensas e se tornar fonte de confiança e de empenho de nossa parte.

Um projeto tão grandioso quanto este não está ao alcance de nossas forças e capacidade. Sozinhos nunca conseguiremos nos assemelhar ao Filho amado. Por isso Deus nos concede o Espírito Santo. Ele “vem em socorro da nossa fraqueza”. Nós, de fato, reconhecemos com tristeza que, em nossa fraqueza, não poderemos nunca realizar o projeto que Deus pensou em nosso favor. É exatamente quando gememos em nossa impotência em agradar a Deus que o Espírito “intercede em nosso favor, com gemidos inefáveis”.

Agradeçamos ao Senhor pelo seu maravilhoso desígnio e predestinação e nos enchamos de confiança no Espírito Santo que “intercede em favor dos santos”.

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Palavra do Pastor / Youtube / Redes Sociais

Compartilhe: