Comentário ao Evangelho – Quarta-Feira 22/04/2020

2ª Semana da Páscoa – ANO A

Jo 3, 16-21

Clique para ouvir o Evangelho e seu comentário:

A ressurreição de Jesus ilumina as palavras do Evangelho e nos ajuda a compreender a afirmação do evangelho de João.

Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que não morra todo o que nele crer, mas tenha a vida eterna.

Graças à ressurreição de Jesus nós podemos constatar que essa é, de fato, a intenção de Deus ao nos enviar o Filho. Se Jesus não tivesse ressuscitado, essa afirmação teria um significado terrível para nós: esse amor de Deus teria sido vencido pelo nosso pecado. Um juízo terrível nos esperaria porque respondemos ao amor de Deus, crucificando o Filho. Jesus veio com a finalidade de nos salvar, mas nós o rejeitamos e não teria podido realizar sua missão porque foi morto por nossos pecados.

Mas Deus revela que a sua intenção de nos salvar se cumpriu apesar de nosso pecado. Mais ainda. Ele venceu o nosso pecado, ressuscitando Jesus dos mortos. A ressurreição é a manifestação da misericórdia de Deus e nos dá uma nova esperança. Cristo morto e ressuscitado não morre mais para nos fazer viver para Deus. O pecado foi vencido, foi superado. A ressurreição nos mostra que para além do pecado, há uma vida nova, uma vida eterna que Deus nos oferece.

Para receber essa vida eterna basta crer em Jesus. É Ele que nos livra do juízo, exatamente porque a fé em Jesus nos faz acolher a vida nova que Deus nos dá. Mediante a fé em Jesus ressuscitado é possível a conversão porque assim o amor de Deus vence o pecado.

Quem pratica o mal odeia a luz e não se aproxima da luz, para que suas ações não sejam denunciadas.

Nós tentamos expulsar a luz para que as nossas ações não sejam denunciadas, mas com a ressurreição a luz venceu as trevas do pecado. Para vencer o pecado, o primeiro passo é o reconhecimento do pecado. De fato, a primeira obra da luz em nossa vida é nos fazer reconhecer o pecado. Assim nos aproximamos da luz e começamos a viver uma vida nova, repleta de obras feitas em Deus. A ressurreição de Cristo é verdadeiramente um novo início que põe em nosso coração uma esperança nova e invencível.

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

 

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Palavra do Pastor / Youtube / Redes Sociais