Comentário ao Evangelho – Quarta-feira 04/05/2022

Quarta-feira da Terceira Semana da Páscoa

At 8,1-8

Clique para ouvir o Evangelho e seu comentário:

Logo depois do martírio de Estêvão, a perseguição contra a Igreja se intensifica. São Lucas noticia que “Começou uma grande perseguição contra a Igreja que estava em Jerusalém. Todos, com exceção dos apóstolos, se dispersaram pelas regiões da Judéia e da Samaria”. Todos se dispersaram… Parece o fim da Igreja! Todos os cristãos se dispersaram. Em outro lugar dos At, Lucas relata que os que se dispersaram chegaram até a Fenícia, Chipre e Antioquia (11,19).

Lucas narra também que Saulo perseguia mortalmente a Igreja. O futuro apóstolos dos gentios, aparece como perseguidor. Essa apresentação de Saulo prepara o evento da conversão de Paulo como fruto da graça e do poder de Cristo.

Aquilo que poderia ser a morte da Igreja nascente se revela na verdade como abertura do Evangelho aos pagãos. Para os At, a dispersão dos cristãos significou a dispersão da semente do Evangelho para o mundo dos gentios. O Espírito Santo faz com que a Igreja supere as fronteiras nacionais para anunciar a todos os povos o Evangelho de Cristo. Assim a pregação do Evangelho a todos depende diretamente da vontade de Deus e não tanto das circunstâncias históricas da perseguição.

Antes mesmo do surgimento do Apóstolo dos gentios, houve uma pregação do Evangelho aos pagãos realizada por obra de missionários anônimos. Quando Paulo começou a sua missão entre os gentios, ele encontrou comunidades já constituídas em Damasco, Antioquia, Éfeso e Roma. Essas comunidades cristãs surgiram do trabalho de inúmeros missionários anônimos.

É verdade que são mencionados nomes de missionários como Felipe, que percorreu a Samaria, mas isso não desvaloriza, antes destaca, a obra de tantos outros missionários anônimos. De fato, na história da evangelização há muitíssimos missionários anônimos. Isso nos ensina que a verdadeira alegria do missionário não é ter seu nome imortalizado, mas o fato de o Evangelho se difundir e salvar as pessoas.

Sejamos nós também missionários do Evangelho.

 

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Palavra do Pastor / Youtube / Redes Sociais

 

 

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Siga nossas Redes Sociais:

CONTATO

Av. Dr. Eugênio Salerno, 100
Vila Santa Terezinha, Sorocaba – SP
CEP: 18035-430
Telefone: (15) 3221-6880