Comentário ao Evangelho do Dia – 9 de dezembro

9/12 – Segundo Domingo do Advento

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

A conversão a Deus não é um tema moderno ou na moda. Diante dos problemas da fome, dos refugiados, das guerras, da destruição da natureza, da inflação, as pessoas mobilizam as forças para as mudanças de vida. É uma conversão do homem para si mesmo. Mas a conversão a Deus não entra na pauta das mudanças necessárias de nossa vida. O cristão tem consciência de que deve contribuir para a solução dos problemas atuais, dando o melhor de si mesmo. Mas, em tudo isso, onde se encontra a conversão a Deus? Se o cristão perder o senso da conversão a Deus, privará o mundo de um dom divino.

Por isso a pregação de João Batista é tão atual. Converter-se a Deus significa: preparar os caminhos do Senhor, endireitar suas veredas; aterrar o vale; rebaixar toda montanha e colina; endireitar os caminhos tortuosos e aplainar os caminhos acidentados.

A pregação de João Batista no deserto é chamado à conversão a Deus. Trata-se de não se iludir com práticas religiosas puramente exteriores, mas de conversão do coração. Trata-se de renúncia de toda forma de orgulho e de obedecer a Deus. Trata-se de se encontrar com Cristo e mais concretamente de viver esse encontro na eucaristia. Participar da eucaristia significa fazer tornar-se pão para os outros, como Cristo o é para nós. significa dar a vida para fazer crescer o amor e a justiça, o sorriso e a esperança.

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Artigos / Youtube / Redes Sociais

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Siga nossas Redes Sociais:

CONTATO

Av. Dr. Eugênio Salerno, 100
Vila Santa Terezinha, Sorocaba – SP
CEP: 18035-430
Telefone: (15) 3221-6880