Comentário ao Evangelho do Dia – 25 de outubro

25/10 – Quinta-feira da 29ª semana do TC

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

Jesus afirma: eu vim trazer fogo sobre a terra. O fogo é o poder de Deus que purifica. Na Bíblia, o fogo sempre está ligado à transcendência e à santidade de Deus. A santidade de Deus nos purifica como o fogo queima as impurezas e as separa do metal precioso. Deus é fogo de santidade que destrói a soberba dos grandes da terra, que purifica a partir de dentro.

Jesus é o portador desse fogo sobre a terra. Sua missão consiste em purificar a humanidade, separando o trigo da palha, separando o que é bom do que que é mau e pervertido.

Mas é preciso entender também que o fogo de Jesus não é algo que vem de fora, mas vem da morte e da páscoa de Jesus. Jesus purifica e queima as impurezas do mundo com a sua morte na cruz.

Assim o fogo de Jesus nos conduz ao Calvário de Cristo. A força destruidora do fogo brota da dor e do sofrimento da cruz de Cristo.

Diante do crucificado todos nós experimentamos a dor que nos purifica para nos oferecer a salvação.