Comentário ao Evangelho do Dia – 24 de setembro

(24/09 – Segunda-feira da 15ª semana TC)

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

O evangelho que ouvimos hoje é uma parábola minúscula. Ninguém acende uma lâmpada para cobri-la com uma vasilha ou colocá-la debaixo da cama…É próprio da luz iluminar e se espalhar. É uma coisa absurda, cobri-la com uma vasilha… A luz que se espalha e ilumina é a luz de Cristo e o seu evangelho. Iluminados pelo Evangelho de Cristo, os discípulos não devem guardar para si o ensinamento recebido como se fosse um saber a ser reservado só para alguns ou para uma elite. Isso seria o mesmo que colocar a lâmpada debaixo da cama. Pelo contrário, o evangelho deve ser difundido para a todos iluminar.

Tudo o que está escondido deverá se tornar manifesto. O que Jesus ensina aos discípulos é ensinado na intimidade e no segredo. Mas chegará a hora em que os discípulos não deverão manter o que foi ensinado na intimidade e deverão proclamá-lo publicamente. O que é ensinado na intimidade da convivência com Jesus está destinado a ser proclamado publicamente.

“A quem tem alguma coisa, será dado mais; e aquele que não tem será tirado até mesmo o que ele pensa ter”. Ao que se abriu à graça de Deus, para aquele que recebeu o evangelho, Jesus promete dar ainda mais. De fato, nós recebemos dele graça sobre graça. Mas daquele que não recebeu o evangelho, lhe será tirado até mesmo o que pensa possuir. Estamos diante do mistério da perdição e da condenação definitiva daquele que não viveu no plano da graça e que acaba perdendo até mesmo o que ele pensava possuir, ou seja, a saúde física, a riqueza, a fama, o poder, a vida terrena…

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Siga nossas Redes Sociais:

CONTATO

Av. Dr. Eugênio Salerno, 100
Vila Santa Terezinha, Sorocaba – SP
CEP: 18035-430
Telefone: (15) 3221-6880