Comentário ao Evangelho do Dia – 21 de outubro

21/10 – 29º Domingo do TC

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

Tiago e João se aproximam de Jesus com um pedido que revela a ambição não somente deles, mas também dos outros discípulos. Eles pedem para ocupar lugar de honra junto a Ele. Tiago e João não pensam em seguir Jesus, pensam em se sentar nos primeiros lugares.

A indignação dos outros dez revela que também os outros alimentavam o mesmo sonho ambicioso do lugar de honra. Todos buscam o poder, a honra e o privilégio.

A resposta – mais ainda –, a postura de Jesus é clara: “Não deve ser assim”, é preciso fazer exatamente o oposto: quem quiser ser grande, seja o servo; quem quiser ser o primeiro, seja o escravo de todos. Trata-se não só de um ensinamento teórico, mas do sentido que Jesus deu à sua própria vida: o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos.

Jesus não ambiciona o poder, não se arroga honrarias, não busca o próprio interesse. Sua vida é “servir” e “dar a vida”. Por isso Ele é o primeiro.

Seguir Jesus significa estar disposto a gastar a vida a serviço dos outros.