Chega à Sorocaba o “Projeto Raquel – esperança após o aborto”

Acontecerá no dia 10 de novembro, das 8h às 16h, na Paróquia Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças a primeira formação para a implantação do Projeto Raquel. O encerramento será com a Santa Missa.

Pede-se o preenchimento da ficha de inscrição e a colaboração com a taxa de R$10,00 para o almoço. É preciso devolver a ficha preenchida na secretaria paroquial ou no CAP (Centro Arquidiocesano de Pastoral) até 31/10/2018.

Acolher, acompanhar e ajudar a superar, são atitudes que todos os cristãos deveriam ter – a dor causada por um aborto, seja ele provocado ou espontâneo é terrível, imaginamos, diz Padre Samuel Soares, incentivador do projeto.

“O Projeto oferece cuidado individual às pessoas que precisam de cura, e que estão sofrendo após o envolvimento direto e indireto com o aborto, é um serviço necessário na Arquidiocese de Sorocaba hoje. Por isso, caríssimos irmãos e irmãs, estamos trazendo para Arquidiocese de Sorocaba, para que as mulheres, homens e seus familiares envolvidos com o aborto, encontrem o perdão, tendo como ponto alto o encontro com Cristo no Sacramento da Reconciliação e consequentemente a outros Sacramentos. Para que tenhamos pessoas disponíveis e preparadas para acolher, acompanhar e ajudar a encontrar a cura através das sessões de escuta e passos que ajudem a pessoa envolvida com o aborto a resinificar a sua dor e a encontrar a cura através Reconciliação, teremos uma primeira formação para conhecermos e divulgarmos o Projeto. Contamos com vossa valiosa ajuda, divulgando e incentivando para os agentes das pastorais: familiar, catequese e outros grupos que trabalhem com família em sua paróquia e comunidade a participarem da formação como um primeiro contato”, comenta Padre Samuel.

 A Paróquia fica à Rua Araraquara, 27 Jardim Leocádia – Sorocaba; já o CAP fica à Av. Dr. Eugênio Salerno, 60 – fundos. Outras informações: 3228-3140.

DOWNLOAD Ficha de inscrição – Projeto Raquel

 O que é o Projeto?

O “Projeto Raquel” consiste em uma rede envolvendo profissionais da saúde e representantes da igreja sacerdotes, religiosos (as) e leigos comprometidos, oferecendo cuidado individual às pessoas que precisam de cura, que estão sofrendo após o envolvimento direto e indireto com o aborto (provocado ou espontâneo). É uma rede de cura baseada na Misericórdia de Deus e é dirigido a mulheres, homens e seus familiares envolvidos com o aborto, tendo como ponto alto o encontro com Cristo no Sacramento da Reconciliação e consequentemente a outros Sacramentos.

Trata-se de um processo que contempla sessões de escuta e passos que ajudam a pessoa envolvida em aborto a elaborar a perda do bebê antes de aproximar-se do Sacramento de Penitência, para obter uma reconciliação mais eficaz.

Porque Raquel?

O nome Raquel vem da passagem bíblica de Jeremias 31, 15-17: “Assim diz o Senhor:  Uma voz se ouviu em Ramá, lamentação, choro amargo, Raquel chora seus filhos, não quer ser consolada, quanto aos filhos porque já não existem. Assim diz o Senhor. Reprime a tua voz de choro, e as lágrimas de teus olhos, porque há esperança quanto ao teu futuro”.

Os Papas Falam Às Mulheres Que Sofreram Aborto

“A Igreja está a par dos numerosos fatores que podem ter influído sobre a vossa decisão, e não duvida que, em muitos casos, se tratou de uma decisão difícil, talvez dramática. Provavelmente a ferida no vosso espírito ainda não está sarada. Na realidade, aquilo que aconteceu, foi e permanece profundamente injusto, mas não vos deixeis cair no desânimo, nem percais a esperança. Sabei, antes, compreender o que se verificou e interpretai-o em toda a sua verdade. Se não o fizestes ainda, abri-vos com humildade e confiança ao arrependimento. O Pai de toda a misericórdia espera-vos para vos oferecer o seu perdão e a sua paz no Sacramento da Reconciliação. Dar-vos-eis conta de que nada está perdido, e podereis pedir perdão também ao vosso filho que agora vive no Senhor”.

“Ajudadas pelo conselho e pela solidariedade de pessoas amigas e competentes, podereis contar-vos, com o vosso doloroso testemunho, entre os mais eloquentes defensores do direito de todos a vida. Através do vosso compromisso a favor da vida coroando eventualmente com o nascimento de novos filhos e exercido através do acolhimento e atenção a quem está mais carecido de solidariedade, sereis ferramenta de um novo modo de olhar a vida do homem” – Papa João Paulo II, Evangelium Vitae (O Evangelho da Vida).

Uma resposta às chagas do aborto e do divórcio

“A Igreja tem o dever primário de se aproximar destas pessoas com amor e delicadeza, com solicitude e atenção materna, para anunciar a proximidade misericordiosa de Deus em Jesus Cristo. De fato, é Ele, como ensinam os Padres, o verdadeiro Bom Samaritano, que se faz nosso próximo, que derrama o óleo e o vinho sobre nossas chagas e que nos conduz à estalagem, a Igreja, na qual nos faz curar, confiando-nos aos seus ministros e pagando pessoal e antecipadamente pela nossa cura” – Papa Bento XVI, Congresso Internacional – “O óleo sobre as feridas”, 05 de abril de 2008.

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Siga nossas Redes Sociais:

CONTATO

Av. Dr. Eugênio Salerno, 100
Vila Santa Terezinha, Sorocaba – SP
CEP: 18035-430
Telefone: (15) 3221-6880