Cáritas e Pastorais Sociais celebram juntas o Grito dos Excluídos

Uma Missa no dia 7 de setembro no Santuário São Judas Tadeu, às 10h, irá marcar o evento que se tornou conhecido como “Grito dos Excluídos” e que em nossa Arquidiocese já teve grande participação das Pastorais Sociais. A Secretária Eva Alves, que sempre envolveu-se neste evento, comentou: “Desde janeiro estamos em contato com as lideranças das nossas pastorais sociais, mas infelizmente nada de especial conseguimos planejar até agora. Esta data não pode passar em branco e por isso decidimos pela Celebração de uma Missa, nesta data em que se comemora a nossa Independência e esperamos que para o próximo ano tenhamos uma melhor organização e participação”.

Em reunião, realizada no dia 23 de agosto no CAP (Centro Arquidiocesano Pastoral) coordenada pelo Diácono Márcio Rosa, atual Presidente da Cáritas, também foi retomado o Tema da CF 2018: “Fraternidade e superação da Violência”, e o lema “Em Cristo somos todos irmãos”, campanha que acaba caindo no esquecimento após o período quaresmal.

Para garantir uma boa participação na missa agendada para o dia 7 de Setembro, será elaborada uma Carta Convite que será encaminhada a todas as paróquias da Arquidiocese, para ser lida no domingo dia 02 de setembro, incentivando os fiéis a participarem.

Colaboração: Diácono José da Cruz.